Advertisements

Cuca fala sobre Carneiro e ‘transição’ do Paulistão para o Brasileirão

(Foto: Reprodução)

Logo após perder a final do Paulistão 2019, o técnico são-paulino Cuca, conversou com a imprensa nesta terça-feira (23) e mirou a estreia no Brasileirão 2019.

Transição Estadual e Nacional

“Hoje é o último dia para sentirmos o Campeonato Paulista. Agora, ponto final. Já temos o Brasileiro pela frente, e a partir de amanhã trabalharemos com ainda mais intensidade para estrear bem”.

Carneiro

Carneiro foi pego no exame de doping e Cuca falou sobre: “Na verdade é um tema delicado que a gente não pode hoje fazer qualquer julgamento sem antes saber o que aconteceu. Eu já estava sabendo na semana passada antes do jogador. Não lembro se foi quarta ou quinta e eu vi ele passando e falei que queria falar com ele. Ficamos conversando ali na boca da noite. Eu tenho filhos, ele tem 23 anos e ele está aqui em São Paulo no primeiro grande clube dele. A gente não pode fazer julgamento, é um ser humano. Tivemos um caso aqui no São Paulo e é esperar. Vamos esperar a Fifa e depois falar com o Gonzalo. A vida é propensa a isso a todos os jovens, não só o Régis, o Gonzalo, não só aqui no São Paulo FC. Todos estão propensos a isso na noite, em uma festa. Eu não entrei no mérito do que aconteceu com ele. Entrei no mérito do que é uma cidade grande, dos perigos. Agora é acolher.”

Carneiro inseguro

“Eu senti ele muito inseguro por estar em um clube grande. Ele não está a vontade. E isso mexe dentro de campo. Ele teve altos e baixo. Foi bem no pênalti da cavadinha, depois foi mal no outro jogo. Então senti muita insegurança. É uma pena que eu não pude conversar com ele antes. A gente não sabe se aconteceu mesmo”

Carneiro depressivo?

“Não. Por isso que falei, é pouco tempo e não temos conhecimento total do grupo. Eu não sabia disso. O jogador quando vem tem dificuldade para se adaptar. Eu já joguei na Espanha, treinei na China e é difícil.”

Perdas

Luan sofreu uma lesão muscular durante o clássico, Cuca falou sobre e também saída do Everton: “Perdemos o Luan, temos que ver se não vai ter mais baixa. Dentro do jogo são coisas que acontecem dentro da partida. O torcedor está vendo o jogo, nós lá dentro temos uma ideia, levamos para o jogo e às vezes tem que mudar tudo. Eu tinha uma ideia clara da terceira troca, e dentro dessa lesão do Luan e a pedida de saída do Everton eu tive que fazer uma outra troca. Os jogadores que entraram não entraram mal. O jogo estava super controlado. Tivemos uma falta na lateral e o goleiro cobrou. Tivemos um erro de posicionamento e perdemos o jogo ali. Agora ponto final, Corinthians campeão. Hoje é o último dia de ressaca para nós, porque já temos Brasileiro.”

Três reforços

Tchê Tchê, Vitor Bueno e Pato chegaram e podem estrear no Brasileirão: “Tchê Tchê é polivalente. Pode jogar no meio, mas em outras. O Pato é um atacante e está treinando para ser o 9. O Vitor Bueno é um jogador que joga para os lados. Já para o sábado. Até lá vamos aperfeiçoar para escalar o melhor time.”

Garotos da base

“Esses meninos que estavam na seleção não tiveram parada. Eles vieram direto do Sub-20. Você pergunta: “como o Luan se machuca?” Eles vieram direto. E esses jogos Sub-20 são de adulto. E eles tiveram uma resiliência, foram fortes e chegaram na final. Não é uma equipe homogênea, mas não é uma equipe mal treinada. Agora temos que equilibrar, colocar o melhor time físico e técnico.”

Hudson Lateral

“Também. Esse jogo (contra o Corinthians) era um jogo de colocar o Hudson para dentro no decorrer do jogo com a entrada do Igor Vinicius, mas o jogo não deixou. Temos o Igor que é um bom jogador, um respiro e pensamos nele com carinho. O Hudson pode voltar para dentro. Não é certo, mas é uma hipótese.”

Sequência

“Teremos nove jogos até a pausa para a Copa América, então é importantíssimo arrancar forte. Sabemos que um time com 74 pontos, no final do campeonato, terá um bom aproveitamento. E os jogadores têm que trabalhar em cima disso. Temos que entrar bem no sábado”.

Advertisements
Fábio Martins

Fábio Martins

Estudante de jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta