Advertisements

Era a hora de Jardine assumir?

(Foto: Fernando Dantas/ Gazeta Press)

Fala Nação Tricolor, tudo em cima?

Nessa semana, já que o time está de férias e só retorna no ano que vem, farei uma coluna um pouco diferente, falarei a minha opinião sobre a efetivação de André Jardine como técnico do Tricolor para o Ano de 2019.

Jardine assumiu o time depois do jogo contra o Corinthians, quando Diego Aguirre foi demitido. Ele comandou o time nos últimos cincos jogos do campeonato tendo 1v, 2e e 2d. Além desses cincos jogos, Jardine já tinha comandado o time por duas vezes. Primeiro em 2016 quando o time estava à procura de um técnico depois da Saída de Edgardo Bauza, ele comandou o time por 2 jogos e teve 1 vitória e uma 1 derrota. A outra vez que comandou o time foi após a demissão de Dorival Júnior no começo do ano, ele comandou a equipe em 2 partidas, vencendo ambas.

Agora Jardine tem a missão de comandar o time de forma efetiva, e logo de cara já tem uma importante Missão, passar pela “Pré” Libertadores, já que o time que ganhou o primeiro turno não terminou nem no G4.

Na equipe sub-20 Jardine se tornou um técnico muito vitorioso, ganhando Paulista, Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores. Chegou também a uma final de Copa São Paulo. Com esses títulos na base, Jardine ganhou o respeito da torcida e confiança da Diretoria para assumir o time principal em uma temporada tão importante.

Agora, mais do que nunca vai ter que provar que não é vencedor só porque estava em uma categoria inferior. Terá que ter confiança e apoio da torcida além de lidar com uma gestão que a muito tempo respalda um técnico e pouco tempo depois o manda embora. Jardine será auxiliado por Sandro Forner que estava trabalhando no Coritiba, além de Sandro, Jardine conta com a volta do preparador físico, Carlinhos Neves, que esteve nos grandes títulos do São Paulo no século.

Minha opinião sobre a efetivação de Jardine é: Apesar de achar que será um bom técnico no futuro e admirar o trabalho que fez nas categorias de base do clube, não tenho certeza que era a hora para Jardine assumir o time, levando em consideração o ano pesado que será e ainda terá que lidar com jogadores experientes que podem questionar suas decisões e assim dificultarem seu trabalho

UMA EXCELENTE SEMANA A TODOS

Gustavo Dervelan

Advertisements

Deixe uma resposta