São Paulo se despede do Brasileirão com uma grande decepção

(Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net)

Fala Nação Tricolor, tudo em cima?

Acabou o Brasileirão e com ele a temporada do Tricolor. Para se despedir da competição o time foi a Chapecó enfrentar a Chape, precisando vencer e torcer para um tropeço do Grêmio diante do Rival Corinthians para conseguir a vaga no G4.

Uma informação antes de falar do jogo é que Ricardo Rocha deixou o clube na tarde dessa segunda feira. Ricardo chegou no começo do ano para ser coordenador técnico do clube. Além dessa saída, o São Paulo deve anunciar logo mais as contratações dos laterais Igor Vinicius que atuou na serie b pela Ponte (emprestado) e Léo Pelé (contratado junto ao Fluminense).

Sem mais delongas vamos falar sobre o jogo. Como já disse o time foi visitar a Chape que precisava vencer para não ser rebaixada. O time foi a campo com os desfalques de Bruno Peres (machucado), Reinaldo (suspenso) e Jucilei (problemas pessoais).

O time mais uma vez não apresentou um grande poder ofensivo. Nenê teve a melhor chance do time na partida durante o primeiro tempo, mas chutou para fora. Helinho talvez tenha feito sua pior partida desde que estreou no profissional. O garoto perdeu quase todos no “mano a mano” que tentou e errou muitos passes durante o jogo. Ainda no primeiro tempo, o time não ameaçou, mas também não foi muito ameaçado. A melhor e única boa chance da Chape foi uma cabeçada de Wellington Paulista que acertou a trave.

No segundo tempo o time voltou tentando chegar na área do adversário, logo no começo teve duas poucas trocas de passes que não foram concluídos com finalização, mas parou por aí. Depois disso a Chape começou a trocar mais passes e chegar mais até que Leandro Pereira completou de cabeça o cruzamento que veio da direita e abriu o placar, vale que lembrar que Canteros que fez o cruzamento estava impedido, tornando o gol irregular. Depois do gol, nada mais aconteceu.

O erro de arbitragem e a derrota não influenciaram em muita coisa para o Tricolor, já que o Grêmio venceu o Corinthians, então a vitória pouco adiantaria para terminar o campeonato no G4, porem serviria para dar um pouco de sossego para Jardine começar o ano de 2019, já que o ano começará pegando fogo por causa da “pré” Libertadores, o sorteio do adversário será ainda no mês de dezembro.

O Tricolor encerra sua participação no Brasileirão na quinta colocação com 63 pontos, 16v 15e 7d, marcou 46 gols e sofreu 34, foi o time que mais empatou e o terceiro que menos perdeu, ainda teve Diego Souza com 12 gols sendo o artilheiro do time no Brasileiro. Além disso o Tricolor foi o primeiro time da história dos pontos corridos que foi campeão do primeiro turno e não chegou nem na vice colocação no final da competição.

Nas próximas duas semanas farei uma coluna analisando a efetivação de Jardine e um balanço da temporada de 2018 do São Paulo.

UMA EXCELENTE SEMANA A TODOS

Gustavo Dervelan

Deixe uma resposta