Advertisements

Aguirre aponta culpado e não vira polêmica

Imagem: saopaulofc.net

Em coletiva, Aguirre isentou Sidão de falha no gol do Fluminense. Em campo, ninguém perdoou. A desconfiança da torcida é mais que justificável. Sidão falha constantemente e não passa segurança. Nosso técnico disse que consultou o treinador de goleiros e atribuiu o erro ao zagueiro Anderson Martins. E o melhor de tudo isso: sem alarde. Em outros tempos, nada distantes, as manchetes seriam: “Aguirre culpa zagueiro por gol” ou “Crise no SP: culpa do gol contra é de Anderson Martins, declarou Aguirre”.

Nestas colunas às terças, tenho destacado as mudanças: de postura, de sorte, de características na montagem do time, de perfil e comprometimento dos jogadores. Nenê ficou por várias rodadas pendurado com 2 amarelos. O time se mostra dependente do camisa 10. E ele entende isso. Do 10 para a 9. Diego Souza, de forma infantil, deu margem à expulsão. NÃO MERECEU! Mas, deu margem. E isso não corresponde a um jogador experiente, como Diego. Duas situações que exemplificam a palavra “comprometimento”. Não creio que Diego esteja descomprometido, mas, infantilidades assim poderiam ter custado a derrota e talvez até a liderança.

Quando nosso time dá esses vacilos, imaginamos que já era, que está tudo perdido. Aprendi com meus avós que “gato escaldado tem medo até de agua fria”, entende? Nosso elenco não é o mais forte e a campanha surpreende a todos. Ninguém, repito, NINGUÉM sonhava com a ponta de cima da tabela. De grão em grão, dificilmente perdemos e como temos feito prognósticos para as próximas 3 ou 4 rodadas. Quantos pontos apostam que faremos?

Quem quiser trocar ideia, falar do Tricolor, só seguir. Twitter @diegolocutor e Instagram @diegomlocutor

REPITO: minha ordem de preocupação na disputa do título é:

SIDÃO

GRÊMIO

PALMEIRAS

FLAMENGO

INTERNACIONAL

Advertisements
Diego Machado

Diego Machado

Locutor, jornalista, mestre de cerimônias. Autor do livro 'Nem Tudo é Poesia. Ou é?'. Sambista/ cavaquinhista (horas vagas)

Deixe uma resposta