Advertisements

É líder que fala? Tricolor vence em Recife e se mantém na ponta!

Boa tarde nação.

Em jogo extremamente tranquilo, tricolor venceu o Sport na Ilha do Retiro, se mantendo na liderança pelo Campeonato Brasileiro.

Diego Aguirre manteve a escalação considerada titular, com apenas duas novidades: promoção de Bruno Peres a titular da lateral-direita, e o retorno de Jucilei ao meio-campo, mas o mais importante foi ver o time mantendo a pegada e o padrão de jogo, e o que viu-se foi o time construindo a vitória sem grandes dificuldades.

Embora o Sport tenha ameaçado uma pressão, pois encontra-se em situação delicada no campeonato e estava jogando em casa, o que viu-se foi o São Paulo conseguindo controlar bem o jogo e apostando com precisão no contra-ataque, e foi assim que saiu o primeiro gol, em roubada de bola de Reinaldo, a bola chegou em Éverton, que (mais uma vez) deu bela assistência para Diego Souza abrir o placar na Ilha. Detalhe: Diego Souza, em menos de um turno, alcançou o mesmo número de gols marcados por Lucas Pratto em todo o Brasileirão de 2017, 7, mas pra alguns, ele é um peso morto por “não saber fazer o pivô perfeitamente”.

Sport x São Paulo
Foto: Paulo Kennedy / Futura

Volta o segundo tempo, e quando parecia que o time de Recife iria apertar, Nenê, em bela jogada de Rojas, fez o segundo. O jogo estava ganho, Sport não demonstrava reação e o São Paulo tinha o controle total da partida, mas em cobrança de falta, com muita sorte, Marlone descontou e colocou o Sport de volta ao jogo, e logo em seguida, se não fosse Arboleda, podíamos ter tomado o empate, olha como é o futebol! Mas foi só um susto, pois após lindo lançamento de Hudson, Tréllez deu números finais ao jogo, 3×1 pro São Paulo.

O que mais me agrada é a consistência do time e a sua regularidade, time que quer ser campeão tem que ser assim, e o São Paulo está firme e forte nessa pegada. Os melhores em campo, pra mim, foram nossos pontas, Éverton e Rojas, que além de assistências, criaram inúmeras jogadas de perigo, e estão sendo, hoje, nossos melhores reforços no ano. Também destaco as boas atuações de Nenê e Diego Souza, que já vinham sendo criticados pelos haters do Twitter por causa dos jogos ruins contra Colón e Vasco, e também destaco Morato, que pertence ao São Paulo e está emprestado ao Sport, pois fez boa estréia e foi o jogador mais perigoso do time, deixando a esperança de, quem sabe no futuro, ser reaproveitado pelo tricolor do Morumbi.

Saudações!

Advertisements

Deixe uma resposta