Advertisements

Segunda Tricolor: Cuca finalmente decidiu ousar

Fala Nação Tricolor, tudo em cima?

Enfim após mais de um ano, o São Paulo voltou a vencer um clássico estadual. De virada ainda coisa que não acontecia desde a primeira partida do ano, quando virou o jogo sobre o Mirassol. Aliás, não virava um clássico desde 2017 quando o time então comandado por Rogério Ceni virou sobre o mesmo Santos na Vila Belmiro vencendo o jogo por 3×1.

Um jogo muito equilibrado, principalmente no primeiro tempo. Cuca surpreendeu a todos colocando Hernanes no banco e escalando Everton para fazer a função de meia. Cuca como de costume escalou dois volantes para o jogo, mais uma vez a dupla foi formada por Luan como o primeiro homem e Tchê Tchê como segundo volante.

Apesar do jogo ter sido no Morumbi, a escalação desses dois é algo natural, afinal, o jogo era contra o líder do campeonato. O Santos, como já se sabe, é um time que tem uma transição ofensiva muito veloz, por isso uma recomposição forte era necessária, e mesmo com dois volantes o time sofreu um pouco. O gol do Santos aos 44 do primeiro temo, mudou o jogo.

Era fato de que com a derrota, Hernanes que estava no banco entraria no intervalo, mesmo não jogando bem, não existe dúvidas de que ele poderia ser importante, apesar de não ter a velocidade que o jogo exigia. Os candidatos a derem lugar Hernanes eram Pato, Everton ou Toró, que jogou no lugar do machucado Antony. Porém mesmo, jogando contra um time muito rápido, Cuca assim como no jogo contra a Chapecoense, ousou e tirou Luan, seu homem de marcação, para dar lugar a o profeta.

A ousadia de Cuca funcionou e o São Paulo dominou o segundo tempo, virando o jogo em quinze minutos, Pato fez o primeiro e Reinaldo de pênalti, virou. Logo após o gol da virada, Hernanes saiu machucado, dando lugar a Hudson, um jogador de contenção. Apesar disso, o time não recuou, ao contrário, continuou pressionando obrigando Everson a trabalhar. Depois de um tempo de pressão Pato fazendo um bonito gol fez 3×1. Com os dois gols de vantagem, o São Paulo controlou jogo praticamente até o final, porém o Santos achou um gol em um gol contra de Raniel, e tentou uma pressão nos últimos minutos.

Além de Pato que fez dois dos três gols e foi sem dúvidas o nome do clássico, vale destacar a bela atuação de Igor Vinicius que anulou completamente o venezuelano Soteldo. Igor fez a sua melhor partida desde que estreou e apesar de saber que vai para o banco, mostra que ainda pode ser útil, principalmente dando competitividade ao elenco.

UMA ÓTIMA SEMANA A TODOS!

Gustavo Dervelan

Advertisements

Deixe uma resposta